C.E. Nossa Senhora Aparecida

  • Educação
  • Marco Doutrinal

Educação

Marco Doutrinal

A Instituição tem como princípio inspirativo Deus que é Pai Providente, que cuida e ama seus filhos com igualdade. Deus Pai tem um plano: salvar a humanidade,e quer a colaboração de seus filhos, pois cada pessoa é colaboradora de Deus, na obra da Criação. Em Jesus Cristo, a pessoa descobre esse desejo do Pai chamado e assim esforça-se para viver como irmão e irmã partilhando os bens desse mundo. Valores como igualdade, solidariedade e participação devem ser priorizados.

O Centro Educacional Nossa Senhora da Aparecida, como escola católica, pretende que o carisma do Fundador - O Bem-aventurado Luís Guanella que viveu os princípios inspirativos de que "Deus é Pai" torne concreta a afirmação de que o ser humano é alguém superior à realidade criada pois ele é imagem e semelhança do Criador.

Se faz necessário conscientizar educando e educador de seu poder construtor, transformador, tornando cada vez mais as relações democráticas, participativas, abertas ao diálogo, e caminhar para o planejamento participativo... criando espaços para reflexões e mudanças.

A transformação estrutural esperada deve ser fruto da auto- educação da fé e de uma interação fé e vida , que apostará na corresponsabilidade de cada homem e mulher na construção da história.

As experiências educacionais de que originaram a pedagogia guanelliana, tem como primícias aqueles que devem receber tratamento diferenciado; é neste aspecto que se pode observar a caridade, pois muitos são os excluídos. Cabe pois, a cada membro da família guanelliana ser co-responsável na realização do Projeto Educacional, para que se percorra em conjunto, acima de quaisquer diferenças rumo ao crescimento material, moral, espiritual, religioso e cultural de cada pessoa. assim cumpre-se o que está no Projeto Educativo Guanelliano: - "Deu-lhes pão e Senhor. Uma casa e uma família e os fez sentir pessoas amadas e estimadas".

A Comunidade Educativa deve inspirar-se na Família de Nazaré , modelo a ser seguido, pois a família é o lugar onde a pessoa descobre a sua própria identidade e busca respostas às diversas necessidades.

O ambiente familiar desejado é o de hamonia e simplicidade, onde o amor possa ser percebido e partilhado entre todos os membros, pois " todo homem é sociável, e tem necessiade de colocar o coração no coração dos outros" (Guanella).

Nas obras guanellianas o espírito familiar deve ser o mais abrangente possível, para que cada membro desta família sinta-se um pedacinho da grande família de Deus, e da fonte da caridade que constitui nossa missão: A Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).